22 de dezembro de 2007

Crustoli


Esta receita me traz muitas recordações da época do Natal, quando eu ia para a casa da madrinha do meu marido, a tia Gilia, a quem eu quero muito bem. Eram tardes maravilhosas, quando ela fazia "linha de produção" desses biscoitos. Enquanto a Nonna esticava a massa, eu e uma prima cortávamos os biscoitos (elas tem um estilo de cortá-los que a Nonna me ensinou), outra tia fritava e outra escorria, polvilhava com açúcar e canela e guardava em latas dos biscoitos Duchen (quem se lembra?). Dava para todas as festas de fim de ano.

Ingredientes:
1 kg de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
4 ovos
1/2 copo de anisete (eu substitui por pinga e essência de anis, sai mais barato)
1 xícara de óleo
açúcar e canela a gosto
óleo para fritar


Preparo:
Amasse bem todos os ingredientes até formar uma bola.
Abra a massa por partes com o rolo e corte em quadrados não muito pequenos.
Corte tiras no meio de cada quadrado e enrole uma tira na outra (faço 4 cortes e enrolo as tiras de dentro para fora, veja as fotos) ou, se não conseguir , faça lacinhos. Frite em bastante óleo, ponha num escorredor de macarrão forrado com papel-toalha e depois ponha em latas, polvilhando com a mistura de canela e açúcar. Guarde em recipientes bem fechados para não murchar (aqui em casa, não dá tempo...).


8 comentários:

Marcel e Nina disse...

Lembro da nonna do meu primo fazendo estas gostosuras! Ela era catarinense e visitávamos qdo criança, nas férias de inverno.
Bom Natal!
Nina.

Cris disse...

Olá Wal! Que delícia de receita e que linda contribuição para o evento de receitas! Muito obrigada! Espero que seu Natal tenha sido recheado de muitas travessuras do neto e que 2008 seja de muita paz, muito sucesso para sua família e cheio de bênçãos. Bjs!

Elvira disse...

Que bom você estar de volta ao blog! E ainda por cima com este mimo delicioso! :-)

Beijos.

Anônimo disse...

Encontri seu Blog por acaso. Ontem fiquei sabendo que serei avó e pela primeira vez!

De cara encontrei a receita de família "Crustoli"igualzinha como fazemos.

Estou muito feliz e emocionada por ser avó, moderna e jovem!

Parabéns pra você que será avó novamente!

Rosmari Lazarini

Ana disse...

Ola!
Achei seu blog atraves do blog da Cris, "From our home to yours"... estava vendo os participantes do sortei q ela fez e quando li "Crustoli" eu tive que vir olhar a receitinha/foto!
Esses "biscoitos" me trazem lembrancas mais do que boas, pois eu tbem os fazia quando pequena com a minha avo!
Assim como voce a Vo (nona!) fazia a massa e abria com o rolo, eu ia cortando e minha mae fritando... ai que delicia q era, nao so come-los, mas todo o processo, todo mundo reunido fazendo "crostoli" (minha avo chamava assim!! hehe!). - Sempre tinha mais gente na cozinha, tias, primas, etc, mas eu eh q era a "ajudante oficial", ou melhor, eu eh q adorava ajudar na cozinha, o resto do povo gostava de comer! hehe!
Muito interessante o modo como cortas os seus, nos os cortavamos em losangos, faziamos o "talho"no meio e torciamos (mais ou menos como voce os fez). Alias, minha avo tbem fazia com pinga!
Era uma das coisas q minha avó fazia q eu mais gostava do mundo, ficavam tao crocantes, com aquele acuquinha em volta... ai como eram bons! E assim como em sua familia, nos tbem faziamos um montao e guardavamos em latas (minha vo tinha uma bem grande de panetone!), para ir comendo durante as ferias!
Muitas boas lembrancas, obrigada por trazer isso de volta p/ mim! Acho q preciso fazer um dia desses p/ que meu filho prove tbem!! (pois depois q minha avo faleceu so fiz umas 2 vezes, antes de engravidar...)
Abracos!
Ana

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Ívina de Aguiar disse...

Oi tia, posta aqui a receita dos seus cookies deliciosos! Estou morrendo de vontade de come-los... Beijos, Ívina de Aguiar

Sonia Novaes disse...

Minha mãe fazia essas coisinhas deliciosas para o café da tarde.Lembro com muitas saudades de vê-la cortando a massa com carretilha,tempo bom.
Quando estive o ano passado em Florianópolis,comi muito nos cafés que haviam por lá.Cada lugar que passei a massa era diferente,mas que coisa maravilhosa,nem lembro que é fritura....rsss...
Bjs